Posso adivinhar  vosso pensamento:” Como assim? Trinta e dois anos de casados e ela larga essa…? O que será que ela quis dizer?!”.

Contando com a eterna  curiosidade do ser humano ,abro mão de uma desejável siesta pós- almoço , venho para o PC, abro a porta da minha intimidade   e predisponho -me a envolver meus leitores numa trama puramente domiciliar.

Não é de hoje que tento  reduzir meu manequim em pelo menos dois números, mas isto lá não é grande novidade.Desde segunda-feira passada estou empenhada ,mais uma vez, em percorrer  a trilha que me levará à passarela , ops, a uma reta final, un grand finale onde, espero eu ,serei aguardada por mim mesma com uma grande faixa na chegada onde estará escrito PARABÉNS DENISE! TU ESTÁS LINDA!VIU COMO DAVA?

E lá, uma mesa enorme me esperando, cheia de tudo o que eu não pude comer neste tempo de dieta e um monte de gente bacana aplaudindo, paparazzi tirando fotos minhas…eu chegando suada,porém linda ,seca e sorridente, pele , osso e alface nos dentes!

Pois bem, imbuída desta vontade toda, entrei eu firme e forte semana adentro . E eis que chega o malfadado 7 de setembro e desde anteontem acompanho o movimento internético de meu marido nos sites de busca gastronômicos à cata de receitas para serem executadas neste feriadão. “Já sei !” –grita ele  ,“ Vou fazer  um Camarão à Provençal amanhã !”complementa ,já lambendo os beiços de felicidade  .

Meia hora depois a casa mantém-se muito quieta, mesmo já sendo quase hora da janta. Vou espiar e o vejo entretido a aprender como fazer  um pernil de cordeiro também à provençal ( aparentemente meu marido resolveu dar cabo dos meus temperos da Provence)em um vídeo do Wessel. Fico aguada ! O culinarista é espetacular  ,tem uma didática esplêndida e…bem, é hora da janta!Tudo vai parecer fantástico agora.

Mas o que eu quero lhes dizer …é que a coisa aqui tá preta! O Chico Buarque tinha toda razão.

O marido é maravilhoso, é talentoso, é disposto. Mas não quer saber se estou de dieta. Diz: “ Vou fazer. Se não quiser, não come! “

Descongela 2 kg de camarões médios( para mim eram enormes!)  . A receita , mais maligna , impossível. O camarão( empanado no trigo) é frito duas vezes. Uma vez no azeite, outra vez na manteiga. Só podia ser receita de homem! Duas frigideiras sujas de uma tacada só! Ninguém merece!

Por cima, no final, uma inocente cobertura super deliciosa composta de farinha de rosca,salsa,azeite ,sal e pimentinha, tipo farofinha, manja? Sabe aquela areia que fica no fundo do maiô quando a gente fica um tempão sentada na areia da praia? Estava dos deuses! Mas lembrava o fundilho do calção de banho do nosso polaco nos velhos tempos de praia do Cassino…por mais que a gente o lavasse na água do mar,ele carregava um quilo de areia na bunda pra casa.

É claro que eu comi o Camarão com areia da praia! Com salada, mas comi que me lambi! O diabo do marido bom que eu fui arrumar sorria de satisfação!

Amanhã tem o tal carneiro. É , a coisa aqui tá preta, Chico!

Tem cadeira demais , boca de menos …

Leozinho, tu tá fazendo tanta falta, guri !

A gente tem muito tempo sobrando…

E teu pai fica brincando de casinha comigo!

Tem comida sobrando também…

E se eu não comer Leozinho…tu vens beliscar?

(Sequência de fotos tiradas na Praia do Leme, Rio de Janeiro).

Ps: O marido usou duas frigideiras,etecétera e tal, mas lavou tudinho no final ! Deu até rima bacana este meu homem de avental…

Ps 2: O desgraçado do carneiro tá invadindo o escritório ,enquanto posto…e tá um cheiro danado de bom!!! Ai, Chico…

**************************************************************************************************************************************************************************************

CAMARÃO À PROVENÇAL

22 de agosto de 2012 Postado por Istvan Wessel

Este é um dos pratos mais pedidos da cozinha francesa.

Importante é deixar o camarão sempre crocante, ou seja, cuidado com o tempo. Se demorar mais do que o necessário, o camarão ficará mais duro.

INGREDIENTES:
24 camarões grandes, limpos
½ tablete de manteiga
2 colheres de sopa de alho picado
1 xicara de farinha de trigo
100 ml de azeite
Sal e pimenta do reino branca moída na hora

Farinha temperada:
2 xicaras de farinha de rosca
1 xicara de salsinha
1 xicara de azeite extra virgem
Sal e pimenta do reino branca moída na hora

MODO DE PREPARO:
Vamos começar preparando a farinha de rosca temperada misturando-a com sal e pimenta e a salsinha. Mexendo sempre, junte o azeite.
Misture a manteiga amolecida com o alho.
Agora tempere os camarões com sal e pimenta, passando na farinha de trigo.
Leve os camarões às frigideiras (use duas) com azeite quente, para que dourem uns 2 minutos de cada lado. Se os camarões não forem tão grandes reduza para 1 minuto e meio de cada lado.
Rapidamente retire o excesso de azeite da frigideira, coloque a manteiga com alho e volte os camarões para dourar ou mais uns dois minutos (um de cada lado).
Coloque os camarões em uma travessa e polvilhe com bastante farinha de rosca temperada.

Isto feito, só nos resta  dar adeus às dietas  escravizantes e  saudar os prazeres do mundo…enquanto divisamos as delícias do universo imaterial…

Quiçá, tão bem acompanhados quanto eu  !

Anúncios