Coisa bo

 

Coisa boa quando a segunda-feira rende! Quando o corpo começa a reagir aos comandos da mente. Sentada disse para as pernas: vou abri-las  …e agora as minhas mãos vão alcançar a ponta do meu pé direito!(bem mais que a moça da foto,garanto !) e elas obedeceram sem muito suplício, nem rebeldia, como nos velhos bons tempos. Outro lado agora. De pé, devagar escorregando num espacate, pra não lesionar a virilha…ah, coisa boa, a velha forma voltando devagarito no más. Saí triunfante, cabeça erguida, rabaneando por entre as esteiras quase vazias, tudo bem, mas eu estava com o espírito de pé ( ok, ainda faltam uns bons quilos para alcançar a meta final…)

Os apontamentos do dia foram marcados , a agenda cumprida com pontualidade e louvor.Nada ficou fora do lugar e o c

Os apontamentos do dia foram marcados, a agenda cumprida com pontualidade e louvor. Nada ficou fora do lugar e o corpo portou-se esplendidamente. Ele que andava tão lamurioso nestes últimos tempos, rodando na contramão, queixoso, sempre querendo ficar em casa, sem ânimo,desconfortável, descalibrado…o corpo me levou o dia todo para lá e para cá dignamente como uma máquina que finalmente acerta seus ponteiros num final de horário de verão.

Entretida que estava, com mil coisas para resolver, acabei tendo que almoçar um sanduba natural quase às cinco da tarde depois de cumprir todo o roteiro estipulado. Sempre quis saber quem foi a pessoa que teve a estupenda ideia de casar  a rúcula, o tomate seco e a mussarela de búfala pela primeira vez na história– eu sempre penso nisso  quando  os degusto juntos- queria tanto agradecer  pelo prazer  que me proporcionam!

Chego  em casa, os telefones estão mudos- nem tudo é perfeito-mas a alma está cantarolando uma música qualquer  e eu ligo para a telefônica com a maior paciência. A ligação cai  umas três vezes…mas  o corpo, a mente e a alma  estão numa sintonia  perfeita  de rúcula-tomate seco e mussarela de búfala e eu nem me abalo.

Enquanto escrevo a sintonia continua…a sinfonia da chuva cai  refrescando o final de mais um dia de fim de fevereiro que amanhã acaba.

Que março venha  nos abençoando com suas águas.

    (Mais??? Bichos à arca! )

Anúncios