( sobre o evento ANJO DESGARRADO  e as MENINAS DE LOBATO)


Fico aqui a pensar : o quão mais poderoso é o amor sobre todas as coisas!

A corrente de amor que se formou em torno de mim era quase palpável e este amor repercutia no meu peito e era devolvido quase que graficamente no espaço até cada uma das pessoas amigas que estavam na noite de sexta.Senti uma imensa gratidão!

O  amor era sonoro , os fonemas encapados em veludo ,articulados em sopros de fio de seda , possuíam devagar o sereno da noite fazendo vibrar cada coração , até o mais descuidado.

E este amor de braços invisíveis me engolfou e estendeu seus tentáculos poderosos aos que dele se aproximaram. Nem os distraídos foram poupados da goma amorosa das suas ventosas.

Do momento em que aterrissei no Rio até aquela hora  ( a hora de cantar e autografar) estivera ,ainda que caladamente, sofrendo o sentimento de estupro emocional, de violação quase carnal  por ter tido a mala invadida por mãos impuras e ter sido roubada em  algumas jóias de grande valor…valor ,agora,totalmente questionável . O lacre que foi rompido na bagagem ,rompeu um dique dentro de mim  e muitos valores nobres e mesquinhos brigaram durante  horas por espaço na minha mídia interior ,numa guerra de sentimentos  bastante sórdida.

Envergonho-me deste fato ter- me chacoalhado a paz interior. Para quem perdeu um filho, um dos bens mais preciosos ,isto soa repugnante e este insólito sentimento de frustração e raiva sentido  foi  logo questionado e substituído .

Deveria agradecer ao universo por mais este exercício de desapego .Meu maior fornecedor de exercícios deste calibre não está mais aqui, e como Leo sabe-suponho- que não estou pronta ,deve estar rindo às minhas custas a me observar lá de cima.

Anjo safado, tu continuas incrustado na minha vida…seja numa noite de amor e música, seja no acontecimento mais banal de miséria e desamor humanos.

A lição continua e eu teimo em achar que tu fazes parte dela.

Dou  sempre um jeito de culpar-te, de  encaixar-te nas minhas mazelas e de transferir a culpa dos meus crescimentos à tua sabedoria inata angelical.

Às Meninas de Lobato , que abrilhantaram a noite do Anjo Desgarrado, meu coração super vagabundo … esparramado aos pés de vocês.

Obrigada por ter podido vivenciar a saudade através do canto.A saudade do anjo. Exorcizar mais um tantinho a dor, através do elo de amor que se formou em torno de mim.

Que o anjo reine sempre entre nós e que a memória desta noite impar abençoe nossas almas para sempre.

Anúncios