Meu filho Leonardo insiste em mostrar-me

a ótica deficiente que tenho das  coisas.

Destrói , com frequência, num golpe ágil de

samurai , minhas poucas certezas …

quebrando literalmente os óculos da minha

monumental cegueira para algumas

realidades…retorcendo as hastes de verdades

bastante questionáveis.

( foto dos 2 óculos quebrados  neste mês )

Dá-lhes formatos inusitados…

Suas esculturas , em metais de generosa

elasticidade… tem hastes de designs

inimaginados por grifes no mercado.

( hastes by Leo )

Leo, definitivamente , é um artista.

Mestre da arte da desconstrução dos egos, das

vaidades , professor do desapego.

Um filósofo , um educador.

Na hora fico com aquela cara infeliz ,igual a

dos personagens do programa do

Chaves ao dizer : QUEM PODERÁ ME

SALVAR ?!!!

 

Mas nem o Chapolin Colorado poderá me

salvar do riso que brota sem esforço ,um

pouco depois.

Impossível não admirar e até invejar uma

mente tão superior  à minha , tão desapegada ,

despojada dos meus valores mesquinhos e

estreitos.

Leonardo sabe a que veio !

Eu ainda engatinho no meu aprendizado com

ele.

Ave Leo !

Que os Césares aprendam de ti.


Anúncios