Começo a recuperar uma certa dignidade…

Já emagreci um saco inteiro de  5 Kg de  arroz  branquinho ( não

farei merchandising aqui, embora tentada) e mais dois punhados

(ou copos) do referido grão. ( digo branco, porque  o refinado é

mais “maligno” rs )

Minhas medidas de referência agora são estas (não as da Kirstie

Alley, na foto acima) e estão me ajudando pra caramba.

( total empatia com a  Kir ! )


Antes eu me amofinava, tinha ganas de colocar o  cilício em torno

da cintura pra me martirizar ,


de tanta raiva de ter burlado a dieta ao comer , no fim do dia,uma

bastarda  fatia  de bolo, de ter me boicotado uma vez mais ao não

resistir ao apelo sorridente e cremoso do pudim de leite ou  do

desgramado sorvete ,após o almoço.

Agora eu jogo o cabelo pra trás, ergo o queixo  , recobro a vergonha

na cara rapidinho  e retomo a bendita “reeducação alimentar”

(nome chic da vez )… e digo , igual à   Scarlett , em  E O VENTO

LEVOU,  minha musa nas horas de angústia :

“NUNCA  MAIS  PASSAREI FOME DE  JEANS DE  NOVO ! ”

Ou eu entro nos malditos ou não me chamo

Scarlett Denise O´Hara. !!!

Sorrio feliz ,

convertendo-os ,mentalmente, para minha

medida em  saco de arroz

Um quilo, assim visto, não é uma mísera perda

… e sim um saco de 1 kg bem enchido de ( irrc)

asquerosa gordura !


Uma barra formidável  de banha!!!


Visualizo o saco grosso de arroz ,enchido com

gordura sólida , um tabletão nojento de

lipídeos compactados, e ,o que é a glória…

OUT OF ME !!!


Um sinal de inteligência, com certeza! De retomada.

Sim, há vida  dentro da cabeça loira !

I WILL WIN !!!

Afinal, não sou loira pura , ariana...sou híbrida pela parte

salvadora da minha mãe, que é morena e , pasmem , JAMBO !!

( salve Betinha!)

De  vez  em  quando, entra  a CONEXÃO e   é  possível  utilizar meu

PC …  ( meu Parcimonioso Cérebro).

Os POCOTÓ e os PACATÁ ( as duas famílias neurológicas que

habitam em mim ) se confraternizam e brindam à novas e

rentáveis alianças entre os dois ramos .

E aí eu escrevo estas histórias …ou outras

bobagens.

Anúncios