“…Meu menino não pode falar agora,neste mundo em que se encontra…mas vai falar depois.

Vai abrir portas…e atrás delas encontrará um universo de cânticos e os entoará em voz alta.

Libertado de sua prisão mental , pensará , enfim, os mais belos pensamentos.

Subjugadas as incapacidades, voará perplexo o vôo azul dos anjos meninos.

Habitará um novo corpo, com a mesma alma pura e gentil.

E a alma velha e boa,revestida de novo, sentirá a mesma alegria e sorrirá o mesmo velho e novo sorriso.”

Anúncios